Operação Fake News; Um dos alvos tem uma extensa ficha criminal diz delegado

DA REDAÇÃO

Um dos alvos da Operação Fake News, deflagrada pela Polícia Civil para combater uma rede de disseminação de notícias falsas contra membros do Governo do Estado, tem uma extensa ficha criminal.

Conforme a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos, o alvo – que é servidor da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá – é um criminoso de “alta periculosidade” condenado a mais de 16 anos por furtos a bancos em Mato Grosso, Goiás e Tocantins.

“Atualmente ele (…) figura como suspeito de praticar delitos de roubo majorado, extorsão, ameaça, calúnia, difamação e injúria. É temerário que um indivíduo de tal periculosidade e que ainda cumpre pena no regime semiaberto seja integrante da possível associação criminosa investigada”, disse o delegado.

Rufando Bombo

Matéria anterior

Filha de Ex-senadora pode disputar Senado pelo Cidadania

Próxima matéria

Trânsito da parte inferior da trincheira Jurumirim será liberado nesta sexta-feira

[gs-fb-comments]