Com “pacto” de conselheiros pela permanência no cargo , vaga no TCE só em 2028

Da redação do rufandobombo

Apesar da intensa articulação para compor o pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), foi comunicado oficialmente que o conselheiro, Waldir Teis, recuou em definitivo da aposentadoria. A decisão foi tomada após os exames de Waldir mostrarem resposta satisfatória, com remissão completa de uma doença perigosa. Recuperado, ele e os conselheiros José Carlos Novelli, Antônio Joaquim, Valter Albano e Sérgio Ricardo firmaram pacto acerca de suas aposentadorias. Os veteranos da Corte de Contas só vão vestir o pijama aos 75 anos de idade, prazo máximo estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Como Guilherme Maluf e Campos Neto são jovens e novatos, a próxima vaga no TCE estará disponível apenas em 2028

Rufando Bombo

Matéria anterior

Emanuel Pinheiro agradece a lealdade de Stopa, veja o vídeo

Próxima matéria

Pivetta volta a assumir o Governo por três dias neste domingo

[gs-fb-comments]