• 5 de dezembro de 2019

Veja A emocionante carta de despedida do melhor amigo de Gugu

Por Catracalivre

O melhor amigo de Gugu Liberato, Homero Salles, escreveu uma emocionante carta de despedida divulgada na coluna do jornalista Flavio Ricco, no portal UOL, nesta terça-feira, 26, a pedido do diretor de TV.

Salles dirigiu o programa ‘Viva A Noite’, lançado pelo SBT, em 1982, apresentado por Gugu. Esse não foi o primeiro trabalho da dupla. Eles foram produtores juntos em 1979. Foi daí que a amizade de 40 anos começou.

Atualmente, morando em Portugal, Homero Salles, se deslocou para Orlando, nos Estados Unidos, assim que Gugu foi para o hospital vítima do acidente doméstico que culminou em sua morte. O diretor chegou aos EUA na quinta-feira, 21, e desde então está a postos prestando apoio à família.

Veja a íntegra da carta

Estive desde o primeiro dia aqui em Orlando, dando suporte a família do Gugu, tentando entender os desígnios de Deus e totalmente inconformado com essa fatalidade.

Quem conheceu nossa amizade sabe o que estou passando. Não preciso dizer nada…

Consegui estar ao seu lado ainda com um sopro de vida e tive o privilégio de poder despedir-me, sozinhos no quarto do Hospital, onde pude dizer o quanto o amava e a falta que ele vai fazer em minha vida…quisera eu, que fosse mais uma conversa e não um triste monologo.

Esses momentos a sós, foram a minha dolorosa despedida…

Era mais que um amigo partindo…era a pessoa com quem mais conversei em minha vida, meu parceiro de milhares de horas de trabalho e outras milhares de horas de convívio, viagens maravilhosas com nossas famílias, momentos inesquecíveis e conversas intermináveis.

Não tenho mais lágrimas para derramar e não tenho a força de sua mãezinha, Maria do Céu, que aos 90 anos, consegue com seu exemplo firme e forte, manter a família de pé, para ir ao seu funeral…eu ficarei agora de longe, na retaguarda, como sempre estive e orando muito para que ele tenha a paz que merece e que o Senhor Jesus o acolha em seus braços.

Adeus Gugu e como você sempre dizia… – vamos falando …

Apesar disso, ele decidiu não vir ao Brasil acopanhar o velório e o sepultamento de Liberato. Ao colunista Flávio Ricco, do portal UOL, ele escreveu uma carta de despedida falando sobre a amizade dos dois e explicando seus motivos de não ir ao Brasil.

O velório de Gugu acontecerá na Assembleia Legislativa de São Paulo e será aberto ao público. Após a despedida, ele será sepultado no jazido da família, no Cemitério Getsêmani, localizado no Morumbi, também na capital paulista.

Rufando Bombo

Matéria anterior

Julio Campos explica porque transferiu seu domicílio eleitoral para Cuiabá e diz ” estou a disposição até para ser candidato a vereador “

Próxima matéria

Membros da CCJ da Câmara de Cuiabá aciona Gaeco para investigar denúncia de compra de votos para cassar vereador Abilio

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *