Variedades

Sabrina Parlatore revela luta contra câncer de mama

DA JOVEM PAN

A ex-apresentadora Sabrina Parlatore revelou, com exclusividade ao Jovem Pan Morning Show desta terça-feira (21), que venceu recentemente um câncer de mama.

 

A cantora de 41 anos descobriu que estava com a doença no começo de 2015 e fez todo o tratamento sem alarde, terminando a última sessão de quimioterapia em janeiro desse ano.

 

Parlatore preferiu manter a doença em segredo até que todo o tratamento estivesse finalizado. Curada e saudável, a cantora sentiu o dever de compartilhar todo o seu drama para conscientizar as mulheres de sempre realizarem exames preventivos para poder descobrir a doença ainda em seu estágio inicial.

 

“Com o passar do tempo e com a experiência que tenho, senti a necessidade e o dever, como figura pública, em dividir essa experiência com as mulheres. Alerta-las para a importância do diagnóstico precoce e exames preventivos. Deu tudo certo e estou aqui para contar minha história”, disse.

 

Emocionada ao revelar o assunto, a ex-VJ da MTV explicou que descobriu o caroço em seu seio por acaso enquanto assistia TV em casa e logo foi diagnosticada com o câncer na mama. Parlatore ressaltou que sempre fez exames preventivos e que o nódulo surgiu de um ano para o outro.

 

Com um tratamento desgastante fisicamente e psicologicamente, com diversas sessões de radioterapia e quimioterapia, Sabrina explicou que qualquer coisa que possa suavizar a pressão e tristeza durante o processo já ajuda muito.

 

Ela contou que os médicos utilizaram uma máquina – novidade no Brasil – que ajuda com a queda de cabelo. Ela perdeu apenas 30% dos seus fios, o que a possibilitou manter o segredo sobre a doença durante o tratamento.

 

“Faz muito pouco tempo que terminei o tratamento. A última sessão foi em janeiro. Eu contei com um aparelho que resfriou o coro cabeludo e segurou 70%. Ninguém percebia que eu estava passando por isso. Saíram tufos de cabelo durante o banho. Perdi sobrancelha e cílios. Mas o cabelo estava lá. Passei por isso psicologicamente bem”, contou.

 

Demonstrando uma força contagiante, Parlatore garantiu que nunca sentiu pena de si mesma após descobrir o câncer. “Eu nunca fiquei com pena de mim. Até os médicos falaram que daria revolta, mas não deu. Isso pode acontecer não só comigo, mas com qualquer pessoa”, concluiu.

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close