• 11 de novembro de 2019

Tradicional Festa de São Benedito começa nesta semana, veja programação aqui

Viviane Saggin
Gazeta Digital

Uma missa, seguida do tradicional chá com bolo, e levantamento do mastro com a bandeira, marcaram o início dos festejos de São Benedito na Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, em Cuiabá, na madrugada desta terça-feira (2). A partir de agora, serão 5 dias de intensa programação, reunindo atividades litúrgicas e festivas, que ocorre na Igreja e entorno e Centro de Eventos do Pantanal, respectivamente.

Os festeiros e voluntários estão trabalhando intensamente para finalizar todos os preparativos para receber cerca de 5 mil pessoas a cada dia. Na cozinha, o rei desta edição, Nilson Arruda, 57, coordena os trabalhos do pré-preparado das comidas típicas que serão servidas nas barracas de São Benedito.

Ele conta ainda com o apoio da rainha, Terezinha Neves – que é voluntária há 21 anos na comunidade. Ele explica que ao todo serão montadas de 8 a 12 barracas, exclusivas da Igreja, para serem servidos maria izabel, tutu de feijão, farofa de banana e paçoca de pilão.

Para isso, 40 pessoas se revezam, diariamente, nas funções de ajudante de cozinha, cozinheiros, auxiliares, entre outros.

“Até o momento, toda a manipulação e armazenamento dos alimentos ocorrem na cozinha da igreja. A partir de quinta-feira, a equipe será alojada nas dependências do Centro de Eventos, local escolhido para abrigar a programação festiva, feira gastronômica e apresentações culturais”, destaca.

Os voluntários estão imbuídos na tarefa de preparar dois mil kg de carne para paçoca de pilão, 3 mil kg de carne seca e 800 kg de arroz para o preparo da tradicional maria Izabel, 70 caixas de banana da terra, além de 400 kg de feijão.

“Tudo para que a comunidade seja recebida com conforto e aprecie as delícias da nossa culinária cuiabana”.

Além das barracas da Igreja, a comunidade terá à disposição os quitutes  preparados pela famílias cuiabanas, que ofertam pratos como carne seca com banana verde, macarronada, sarapatel, bobó de galinha, espetinhos, entre outros.

Milagres

Nilson declara que esta é a primeira vez que voluntários, cozinheira e cozinheiro, são eleitos rei e rainha da festa de São Benedito. “É uma alegria e uma benção”, comemora. Ele conta que desde muito cedo participa dos festejos. Aos 9 anos já acompanhava os pais e os parentes na preparação e durante a festa.

“Sou voluntário há 30 anos, desde que a tradição deixou de ser realizadas nas grandes casas das famílias cuiabanas, como a casa de Dona Bem bem, e passou a ser na própria Igreja”.

Além da graça de ser convidado ao cargo, neste ano, o servidor público aposentado do município tem motivos a mais para agradecer e se dedicar ao voluntariado.

“Estou aqui neste momento graças a Nossa Senhora do Rosário, Espírito Santo e São Benedito. Em abril, tive duas paradas cardíacas. Eu fui e voltei. Vi São Benedito com uma coroa branca, me carregando e voltei ao meu corpo. Foi mais um milagre, entre tantos que já realizou”.

A rainha Terezinha Neves também agradece a indicação e credita ao santo de devoção a recuperação de sua saúde. “Estive 50 dias internada, sendo 26 dias de UTI, após uma cirurgia e intensa hemorragia, mas estou aqui. No momento em que tiver que retornar para centro cirúrgico, em um intervalo de 12 horas, eu vi São Benedito. Ele me acompanha”, testemunha.

O santo negro é o mais popular na capital de Mato Grosso e é cultuado pela quase integralidade da sociedade cuiabana. São muitos os relatos de cura atribuídos a ele.

A programação desta terça-feira segue às 19h, com missa. A coordenadora de infraestrutura da festa, Cely Coelho, explica que a noite será especial.

“Durante a santa celebração, teremos o envio dos 36 jovens de São Benedito, que são os nossos futuros festeiros. Eles serão apresentados à comunidade em uma cerimônia especial”.

Ela informa ainda que após a missa, será servido o jantar, com sarapatel e arroz com costelinha. O prato que pode ser adquirido no local a R$ 13. “Teremos a apresentação do grupo de siriri Voa Tuiuiú e show com Ju Bahiana”.

Confira a programação completa 

4 de julho, quinta-feira

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas

Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

5 de julho, sexta-feira 

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas

Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

6 de julho, sábado 

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

18h às 23h – Shows regionais, atrações culturais e feira gastronômica com comidas típicas

Local: Centro de Eventos do Pantanal

 

7 de julho, domingo 

5h – Missa Campal e Chá com Bolo

Local: Praça do Rosário

7h – Procissão

Local: Praça do Rosário

11h às 15h – Almoço com comidas típicas e atrações culturais

Local: Centro de Eventos do Pantanal

FOTO REPRODUÇÃO

Rufando Bombo

Matéria anterior

Em carta FIEMT sai em defesa de Gustavo Oliveira após criticas do Governador

Próxima matéria

Prefeitura de Cuiabá entrega novo Centro Esportivo Jonas Pinheiro

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *