• 14 de dezembro de 2019
  1. Home
  2. GAECO

Tag: GAECO

Declaração Bomba; Propina via SEDUC  pagou despesa de campanha, diz empresário a  Juiza Selma Arruda

Declaração Bomba; Propina via SEDUC pagou despesa de campanha, diz empresário a Juiza Selma Arruda

DO GazetaDigital A juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Selma Arruda, retoma na manhã desta terça-feira (29) a audiência de instrução e julgamento da ação penal relativa a Operação Rêmora. O primeiro a ser ouvido…

Continuar lendo...
TJ Em Pauta; Helena Maria é eleita desembargadora em MT

TJ Em Pauta; Helena Maria é eleita desembargadora em MT

A juíza Helena Maria Bezerra foi eleita a nova desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso na manhã desta segunda-feira. Ela ocupa a vaga do desembargador Evandro Stábille, aposentado compulsoriamente após condenação por corrupção…

Continuar lendo...
Homem morto ao lado do filho já foi preso pelo Gaeco em MT

Homem morto ao lado do filho já foi preso pelo Gaeco em MT

Carlos Gonçalves Silva, 51 anos, assassinado junto com seu filho Carlos Guimarães da Silva, no Distrito Industriário de Cuiabá na tarde desta segunda-feira (22) tinha histórico criminal. Ele foi preso na cidade de Rondonópolis (218…

Continuar lendo...
“Operação Loctus Delicti”; PSDB DE MT Se  solidaria  com  ex-secretário preso pelo GAECO acusado de corrupção na Seduc, veja a nota

“Operação Loctus Delicti”; PSDB DE MT Se solidaria com ex-secretário preso pelo GAECO acusado de corrupção na Seduc, veja a nota

O diretório regional do PSDB se solidarizou ao ex-secretário de Educação, Permínio Pinto Filho (PSDB), preso na tarde de ontem na “Operação Loctus Delicti” deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atual Especial Contra o Crime Organizado).…

Continuar lendo...
Corrupção na Seduc;  Gaeco e não descarta delação premiada de Perminio Pinto

Corrupção na Seduc; Gaeco e não descarta delação premiada de Perminio Pinto

O ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto (PSDB), vai prestar depoimento aos promotores de Justiça e delegados do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) na próxima quarta-feira (27) a partir…

Continuar lendo...
“Locus Delicti” Gaeco junta provas de que Permínio foi a escritório   onde rola Propinoduto da Seduc

“Locus Delicti” Gaeco junta provas de que Permínio foi a escritório onde rola Propinoduto da Seduc

 O ex-secretário de Educação de Mato Grosso, Permínio Pinto Filho, preso nesta quarta-feira (20) em consequência da segunda fase da Operação Rêmora teria participado ativamente em reuniões para o esquema de fraudes em licitações de…

Continuar lendo...
Vergonha; Intermat sequer tinha dinheiro para comprar café mas pagou R$ 7 milhões ilegalmente, revela o ex-presidente do órgão, Afonso Dalberto.

Vergonha; Intermat sequer tinha dinheiro para comprar café mas pagou R$ 7 milhões ilegalmente, revela o ex-presidente do órgão, Afonso Dalberto.

O Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) “sequer tinha dinheiro para comprar café”, é o que revela o ex-presidente do órgão, Afonso Dalberto, em delação premiada já homologada firmada junto ao Ministério Público Estadual…

Continuar lendo...
Mais Rolo na Seduc; MPE instaura inquérito para apurar fraude em contratos na Pasta

Mais Rolo na Seduc; MPE instaura inquérito para apurar fraude em contratos na Pasta

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 36ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, instaurou um inquérito civil público para apurar processos licitatórios firmados pela Secretaria de Estado…

Continuar lendo...
Com mais um HC Negado Silval Completa 300 dias no Posto Carumba

Com mais um HC Negado Silval Completa 300 dias no Posto Carumba

O desembargador Alberto Ferreira de Souza, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, negou na tarde desta segunda-feira habeas corpus impetrado pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB). Desta forma, o ex-chefe do executivo chega a…

Continuar lendo...
Vem pizza ai… Deputados decidem suspender CPI do MP

Vem pizza ai… Deputados decidem suspender CPI do MP

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga possíveis irregularidades na negociação de cartas de créditos envolvendo membros do Ministério Público Estadual (MPE) decidiram, por unanimidade, suspender as reuniões e audiências até o…

Continuar lendo...