• 21 de janeiro de 2020

Sindicato e prefeito se reúnem na 6ª para evitar greve em Cuiabá

Os médicos decidiram por unanimidade que vão ficar em estado de assembleia permanente até acontecer a reunião com o prefeito Emanuel Pinheiro que após anúncio de uma possível greve,  entrou em contato com o Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed) e finalmente se dispôs a receber a diretoria do Sindicato.

“Tem praticamente um ano que o sindicato está pedindo por ofício para que o prefeito ou o secretário de Saúde recebesse a diretoria para discutir assuntos como falta de condições de trabalho, falta de medicamentos e falta de médicos nas unidades de saúde nos plantões. E nunca éramos recebido. Não temos interesses políticos só queremos que os assuntos da saúde de Cuiabá sejam resolvidos. Sabemos que a prefeitura está investindo em estrutura física, mas sem pessoal e sem condições de trabalho como medicamentos a saúde não melhora”, comenta o diretor de comunicação do Sindimed Dr. Adeildo Lucena.

Rufando Bombo

Matéria anterior

Deputados aprovam alíquota de 14% para procedência

Próxima matéria

Ex-vereador é morto a tiros dentro de carro

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *