• 14 de outubro de 2019

Servidores públicos de Cuiabá denunciam que prefeitura não estaria repassado os pagamentos de empréstimos conseguindo já descontados em folha aos bancos

Da redação

Um grande número de servidores públicos municipais de Cuiabá, recorrem aos empréstimos consignados para suprirem suas necessidades familiares, seja para liquidação de contas, compra de utensílios para o lar, alimentação, educação, viagens e até tratamento de saúde, usam para complementar os reduzidos salários.

Entretanto, a Prefeitura de Cuiabá, segundo reclamação de inúmeros servidores, não estaria repassando às instituições financeiras as parcelas descontadas direta e mensalmente na folha de Pagamentos.

Segundo as denúncias outras instituições também suspenderam os empréstimos aos servidores, e precisam de apuração imediata pela Camra municipal e Ministério Público; às instituições financeiras, seriam: DAYCOVAL, OLÉ, ITAÚ, BMG e a CEF – Caixa Econômica Federal.

As reclamações sobre encerramento de empréstimos, relatam ainda que continuam sendo descontas as parcelas pela Prefeitura, e os servidores tem que levar o espelho até as instituições depois ao setor da Folha de Pagamento para pedirem o encerramento da cobrança, sem saber se receberão a diferença paga.

Coagido alguns acabam não questionado judicialmente, por medo de retaliação pela administração municipal.

No entanto existem servidores que irão formalizar denúncia ao Ministério Público e a Câmara de Vereadores de Cuiabá, para que apure as responsabilidades sobre a situação constrangedora que estão sendo submetidos.

Com informações do site Marreta urgente

Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Um crime e suas versões; Suposta namorada do assassino do jornalista diz que versão é falsa

Próxima matéria

Gilmar Mendes alfineta Moro ” Quem defende a tortura não pode fazer parte desta Corte”

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *