Politica

UFC? Vereadores quase brigam ao discutirem taxação de transporte de aplicativos, Veja o vídeo

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Cuiabá desta manhã de quinta-feira (14) foi marcada por nova confusão, que quase resultou em agressão física. O imbróglio foi protagonizado pelo vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que correu atrás de Rafael Millas, assessor do deputado estadual Ulysses Moraes (DC) e diretor do MBL (Movimento Brasil Livre), o acusando de empurrá-lo.

Tudo começou após Millas aplaudir o vereador Abílio Júnior (PSC), que usou a tribuna para discursar contra o projeto de taxação de aplicativos de transporte, que está sendo votado hoje. Os aplausos de Millas acabaram por irritar Renivaldo, que foi atrás do assessor, afirmando que ele não poderia estar no lugar onde se encontrava, na porta do plenário.

“Aplaudi a fala do Abilinho porque foi muito boa. Com o aplauso da fala, ele [Renivaldo] veio pra cima de mim, falando que eu não podia estar ali e isso mostra claramente qual lado que ele está, a que interesse ele está defendendo, que é do táxi, por motivos escusos, que não sabemos ainda. Mas essa exaltação exagerada mostra claramente o desespero que é esse projeto absurdo desse de taxação, mas eu não me importo, faz parte do jogo, a intolerância é normal”, explicou Millas à imprensa após a confusão.

Já o vereador Renivaldo, acusou Rafael Millas de empurrá-lo e começou a ir em direção ao local onde o assessor se encontrava. Abílio então se pôs no caminho, para bloquear a passagem do tucano, mas Renivaldo conseguiu retirar o braço do social-cristão, passando correndo por ele, para ir atrás de seu desafeto.

fonte  folhamax

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close