Politica

Tomara meu Deus, tomara; Wilson diz revela que obras do complexo salgadeira paradas ha mais de 2 anos devem ser retomadas em abril

DA REDAÇÃO

O secretário de Estado de Cidades Wilson Santos (PSDB) revelou que as obras do Complexo da Salgadeira, localizado no km 45 da MT-251, rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, devem ser retomadas no mês de abril.

 

“Nossa previsão é que até o final de abril seja dada a ordem de serviço. A licitação vai ser feita pela Sedec [Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico] e quem está pilotando todo esse projeto é o secretário [adjunto de Turismo] Luiz Carlos Nigro”, disse.

 

No final do ano, o juiz Rodrigo Curvo, da Vara Especializada do Meio Ambiente, determinou que o secretário apresentasse em 30 dias uma proposta definitiva para concluir as obras de revitalização e reforma do Complexo.

 

O prazo para a entrega desse relatório terminaria neste sábado (14).

Esse dinheiro é um empréstimo junto ao BNDS, para um programa de desenvolvimento do Turismo. Nós estamos na retaguarda ajudando

 

Wilson disse, ainda, que a Secid já cumpriu a determinação judicial que diz respeito à instalação de placas sinalizadoras, indicando a proibição da entrada de pessoas no canteiro de obras.

 

Além disso, para garantir que o local não seja frequentado por banhistas que descumprem a ordem de proibição de acesso ao canteiro de obras, foi instalada uma guarita que deverá contar com segurança 24h.

 

O contrato com o Consórcio Salgadeira, formado pelas empresas Farol Empreendimentos e Ypenge Projetos Florestais e Ambientais, foi rescindido em julho de 2016.

 

Conforme o assessor jurídico da Secid-MT, Alessandro Alves, que acompanha o caso, a Secretaria lançará a licitação em caráter emergencial para contratação de uma nova empresa para finalização da obra.

 

Segundo Wilson Santos, os investimentos para a obras virão de um financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

“O dinheiro é do Prodestur [Programa de Desenvolvimento Sustentável de Turismo de Mato Grosso] e está na Sedec. Esse dinheiro é um empréstimo junto ao BNDES, para um programa de desenvolvimento do Turismo. Nós estamos na retaguarda ajudando”, pontuou.

 

Gestão municipal

 

salgadeira

Apesar de ser proibido, visitantes frequentam o local intensamente

Esta semana o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB) informou que irá buscar informações com a Secid para concluir as obras do complexo.

 

A proposta de Emanuel é que o município assuma a gestão do Complexo, que atualmente está sob a responsabilidade do Estado.

 

“Quero retomar a Salgadeira para a gestão municipal para devolver aquele espaço para o povo cuiabano”, disse Emanuel.

 

Sobre as declarações do prefeito, Wilson Santos afirmou que, por enquanto, a questão está nas mãos da Justiça, mas que não dispensa apoio.

 

“Nós não dispensamos apoio nenhum e a Salgadeira está em território cuiabano. Se o prefeito quiser ajudar não tem nenhum problema, estamos abertos. Mas a questão está judicializada”.

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close