Politica

Tensão na Reta Final; PF faz busca e apreensão no comitê de Emanuel Pinheiro

GD

FOTOS:  Marcus Vaillant

Osvaldo Sobrinho (PTB) comenta ação da PF com TRE-MT nesta manhã no comitê de Emanuel Pinheiro (PMDB).
Por volta das 10h30 desta quinta-feira (27) 3 policiais federais junto à representante do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) cumpriram mandados de busca e apreensão no comitê do candidato à prefeitura de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB). O comitê está localizado no bairro Lixeira, na capital.

Reprodução

Osvaldo Sobrinho (PTB), um dos coordenadores da campanha, explica que a coligação do opositor Wilson Santos (PSDB) fez denúncia sobre ilegalidade do peemedebista.

“Foi algo normal, rotina”, disparou.

Os policiais federais chegaram pedindo cópias de pagamentos realizados ao longo desse pleito. “Houve alguma denúncia da coligação do Wilson, para ver se tem algum contrato ou propaganda irregular, essas coisas bobas”, afirma.

A ordem dos mandados de busca e apreensão foi do juiz Gonçalo Antunes de Barros Neto, da 55ª Zona Eleitoral. Ele investiga crimes eleitorais, como caixa 2, abuso de poder econômico e compra de votos.

Sobrinho diz estar tranquilo com a situação. “Eles precisavam ver alguns documentos e levaram. Quem trabalha na luz não tem que temer a escuridão. Se for para fazer as coisas erradas, eu não saio de casa”, finalizou o petebista.

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close