Politica

PEGOU CORDA; Deputado do PT pede que Governador Taques renuncie para “preservar imagem”

O deputado Valdir Barranco (PT)  usou a tribuna da Assembleia nesta quarta (21)  para pedir que o governador Pedro Taques (PSDB) renuncie ao cargo de chefe de Executivo para não manchar a sua história.

Tendo como base a delação do empresário Alan Malouf, que  contou que “investiu” R$ 10 milhões na campanha de Taques ao governo 2014, Barranco disparou: “Ele se elegeu com um discurso de ética e  moralidade e,  nós sabemos que isso se foi. Então, eu acredito que, com sua história, para preservar sua biografia, só resta uma saída ao governador, a renúncia”, dispara o petista.

Para Barranco, o Estado  é engessado e vai enfrentar um momento difícil em 2017. “Que renuncie para que esse Estado possa então ser conduzido de uma forma mais assertiva”, comentou.

Alan é proprietário do Buffet Leila Malouf e foi preso na quarta (14), na deflagração da 3ª fase da Operação Rêmora, denominada “Grão Vizir”, que investiga esquema de propina e fraudes em licitações na secretaria estadual de Educação (Seduc).

Ao Gaeco, Malouf contou que entre março ou abril de 2014, Pedro Taques o procurou em sua residência dizendo que tinha vontade de se candidatar ao governo e teria lhe solicitado ajuda para conseguir “apoio de agremiação de pessoas”. O empresário confirmou fazer parte do grupo de apoio a Taques, assim como outros empresários.  Alan relatou ter tido conversas com Taques sobre um suposto débito não declarado da campanha eleitoral de 2014, bem como sobre a prisão do empresário e delator da Operação Rêmora, Giovani Guizardi.

Valdir Barranco assumiu a cadeira na AL em 21 de setembro e faz parte do grupo de oposição ao governador. Ele é do mesmo partido da ex-presidente Dilma Rousseff, que  deixou o cargo após sofrer impeachment. Curiosamente, Taques foi o primeiro governador a declarar publicamente ser a favor da destituição de Dilma.

 

do RDNEWSW

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close