Politica

Para ministro, saúde de MT terá salto de qualidade com novo Pronto Socorro de Cuiabá

Em Cuiabá para visita técnica do novo pronto-socorro na manhã desta segunda-feira (22), o ministro da secretaria de Governo, Carlos Marun elogiou o andamento da obra e avaliou que a saúde em Mato Grosso será dividida em dois momentos, antes e depois de o hospital ser inaugurado no mês de dezembro, com a presença do presidente Michel Temer (MDB).

Leia também
Emanuel Pinheiro dá novo prazo a Taques: estamos no sufoco, o quadro é preocupante

De acordo com Marun, que também é engenheiro civil, o andamento da obra está avançando conforme o cronograma. Ele também projetou que no mês de dezembro parte do hospital já estará atendendo a população.

“Esta é uma obra extremamente relevante e sem dúvidas alguma, a saúde em Cuiabá e Mato Grosso vão ter dois momentos. Um antes e outro depois da inauguração deste hospital. A obra está andando bem, verificamos in loco o dinamismo, tem muita gente trabalhando. Muita coisa está sendo concluída e saio daqui com a expectativa de que sim, nós podemos disponibilizar pelo menos parte deste pronto-socorro ao uso da população ainda neste ano”, disse o ministro.

“Não é simples, é um desafio, mas é um desafio que não temos o direito de não enfrentar. Temos que enfrentar este desafio e com esta sensação que eu concluo esta visita técnica. Com uma sensação de que é possível… Dentro de 30 dias voltaremos aqui para outra visita, espero ver a obra bem mais concluída, para que em dezembro voltamos com o presidente da República. É uma obra que merece a presença de um presidente da República como e este é o seu desejo, a disponibilização deste hospital para a população cuiabana e mato-grossense”, afirmou.

Além do ministro, também participaram da visita o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, o senador licenciado e ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), o governador eleito Mauro Mendes (DEM), o senador Wellington Fagundes (PR), o deputado federal Carlos Bezerra (MDB) e o deputado federal Fábio Garcia (DEM).

Em entrevista após a visita, o prefeito Emanuel Pinheiro também garantiu que com o recurso de R$ 100 milhões vindo do Governo Federal, a obra ficará pronta em dezembro e será um presente para o aniversário de 300 anos de Cuiabá, que ocorre no mês de abril.

“Quando o presidente Temer, ao lado do ministro Blairo e senador Wellington me perguntou se eu conseguiria entregar a obra em tempo recorde, em dezembro, falei: ‘ministro, passa o dinheiro para Cuiabá, que o senhor vai conhecer o valor e a garra do povo cuiabano e nós vamos entregar esta obra até dezembro’. Se JK entregou Brasília em quatro anos e meio, o que nós não faremos com esse recurso até dezembro”, concluiu.

O novo pronto-socorro, localizado no bairro Ribeirão do Lipa teve a obra lançada em 2015. No ano passado, após muita polêmica, o Governo, a prefeitura de Cuiabá e a bancada federal de Mato Grosso firmaram um acordo para usar os recursos de emendas parlamentares da União para o custeio da Saúde do Estado. Em contrapartida, o Executivo ficou responsável por repassar os R$ 82 milhões necessários para equipar o novo Pronto-Socorro.

O recurso acabou não chegando ao destino final até o momento, porém no mês de setembro, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que o Governo Federal liberou R$ 100 milhões para a finalização da obra. O recurso veio de um programa batizado de ‘Chave de Ouro’ destinado a conclusão de grandes obras de impacto em determinados estados.

Fonte olhar direto

Foto Rogério Florentino

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close