Politica

Tucano Bicudo ; Mahon se filia ao PSDB, defende reeleição de Pedro Taques

Eduardo Mahon já chegou “causando”, falando grosso e em saiu defesa da reeleição do governador José Pedro Taques (PSDB), em 2018. Ele entende que os opositores é que devem explicações à sociedade mato-grossense, principalmente pelo fato de terem apoiado a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), preso desde 2015 por suspeita de fraudes fiscais.

“Governador não pode abrir mão da possibilidade de se reeleger. E por motivo óbvio: a comparação do governo dele, que acaba de entrar na terceira ou quarta marcha agora, com a pilhagem que sofremos durante os anos passados”, argumentou ele.
Eduardo Mahon considerou normal que o PSDB ainda seja enxergado como legenda de direita e não social democrata. “O PSDB sofreu durante 12 anos todo desgaste de uma carga grande de comuicação do PT, sempre identificando o PSDB com pai da privatização. E fazendo disso um demônio. Hoje, se reconhece que privatização deu uma nova roupagem para o país. Mas o PSDB sofreu durante muitos anos; tantos anos de propaganda negativa oficial de outro partido, que deveria ser a fim e virou frontalmente opositor”, avaliou ele, num comparativo do ninho tucano com o Partido dos Trabalhadores.

Como teórico, deseja trabalhar com estudos e projetos, no Instituo Teotónio Vilela (ITV), para constribuir com as administrações municipais e estaduais do PSDB. Um dos autores do convite a Mahon foi justamente o presidente estadual do ITV, Carlos Antônio Catonho Garcia, filho do ex-goverandor Garcia Neto e tio do deputado federal Fábio Garcia (PSB).

Sem a presença de Pedro Taques, coube ao presidente da Executiva Regional, deputado federal Nilson Leitão, dar as boas vindas ao neotucano. “Eduardo Mahon como filiado é um grata surpresa, porque é figura respeitada em Mato Grosso, com boa opinião e pode ajudar criar novas ideias e contribuir com a renovação do partido. É uma alegria enorme receber o Eduardo, agora militante tucano, que vai cobrar que o partido desenvolva e enriqueça os debates e projetos”, complementou Nilson Leitão.

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close