Politica

Liderança de Taques na AL; Três são cotados Para ocupar posto

Os deputados Oscar Bezerra (PSB), Dilmar Dal’Bosco (DEM) e Leonardo Albuquerque (PSD) são os mais cotados para assumir a liderança do Governo do Estado na Assembleia Legislativa.

 

Um dos três parlamentares deve substituir o deputado Wilson Santos (PSDB), que deixará a liderança e se licenciará do Legislativo para se dedicar exclusivamente à sua campanha eleitoral à Prefeitura de Cuiabá.

 

A definição do substituto deve ser anunciada até o dia dois de setembro, quando o tucano se afasta do Legislativo.

 

Esse é um assunto exclusivo do governador. Pedro Taques tem bons nomes, não terá problema.Tenho certeza que o novo líder da Casa saberá desempenhar o papel com tranquilidade

De acordo com informações de bastidores, o deputado Oscar seria o desejo do Executivo, enquanto Dilmar é colocado como nome de consenso dos parlamentares da base aliada.

 

Já Leonardo estaria cotato para a posição, por já ser vice-líder.

 

O ainda líder, Wilson Santos afirmou que todos os parlamentares de situação estão prontos para assumir a função. Ele garantiu que não há qualquer tipo de veto.

 

“Esse é um assunto exclusivo do governador. Pedro Taques tem bons nomes, não terá problema. Ninguém está começando, já que o mais novo aqui tem um ano e meio de mandato. Tenho certeza que o novo líder da Casa saberá desempenhar o papel com tranquilidade. Eu, retornando, estou pronto para continuar auxiliando o Governo”, declarou.

 

“O deputado Oscar Bezerra é um ótimo nome. É leal, firme, bem assessorado, conhece bem o Plenário, tem bom relacionamento com os colegas e é respeitado pela oposição. Assim como Oscar, Dilmar, Botelho e Leonardo”, disse.

 

Neste segundo semestre, o líder do Governo terá árduo trabalho na Assembleia, já que os parlamentares terão que apreciar projetos importantes, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e reforma administrativa.

 

Cogitados negam

 

Mesmo com a possibilidade de assumirem a liderança de Taques no Legislativo, Oscar, Dilmar e Leonardo negam que tenham recebido o convite do Executivo.

 

Oscar, no entanto, demonstrou que aceitaria o convite, desde que algumas exigências fossem cumpridas.

 

“O Executivo não me ligou. Temos que conversar com o Governo. Tenho algumas questões que se o Governo fizer o compromisso em respeitar a definição e os acordos firmados pelo líder, com os demais deputados, acho que posso contribuir”, afirmou.

 

“Primeiro, tenho que receber o convite. Não posso gerar essa expectativa, sem antes receber o convite”, declarou.

 

Leonardo também afirmou não ter recebido o convite oficial para substituir Wilson.

 

“Estou brincando que esta substituição será por aclamação dos nossos pares. Fico feliz por ser lembrado, pois estou apenas com um ano e meio de mandato. Para mim é uma honra muito grande. Estamos aguardando o Executivo se manifestar”, disse.

 

Já Dilmar disse não estar preparado para assumir o compromisso de defender as Mensagens e posicionamentos do Executivo do Estado.

 

“Sou da base aliada do Governo e não tive convite algum. Para mim, o governador pode manter a liderança que está, com Leonardo”, declarou.

 

“Existem deputados mais bem preparados do que eu. Acho que não vou ser convidado. Sou companheiro e desejo que o Governo melhore o Estado”, completou.

 

DO MIDIANEWS

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close