Politica

Fala Riva; Ex-deputado Riva tenta fazer acordo de delação premiada com MP

A Gazeta

O ex-deputado José Geraldo Riva voltou a tratar da possibilidade de assinar um termo de colaboração premiada. A possibilidade foi confirmada por uma fonte ligada ao Ministério Público Estadual (MPE), onde estariam ocorrendo as tratativas.

O advogado do político nega a possibilidade, mas as informações dão conta de que o acordo não tem avançado porque o ex-parlamentar não tem conseguido ‘convencer’ os promotores com as informações que ele estaria disposto a revelar.

Esta não é a primeira vez em que Riva sinaliza com a possibilidade de fazer uma colaboração. No início deste ano, ele teria procurado o MPE disposto a colaborar.

As conversas só não avançaram porque a intenção do ex-deputado era realizar uma triangulação, incluindo o Ministério Público Federal (MPF), que teria se mostrado reticente com a possibilidade da colaboração. Riva é réu em mais de 100 processos na Justiça, 90% deles na esfera estadual.

Meses depois, o político mudou sua versão em diversos processos em que figura como réu. Além de assumir alguns atos denunciados pelo MPE, o político revelou a participação de outras pessoas em fraudes.

Uma destas afirmações foi a confirmação de que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) quitou uma dívida que tinha com ele com dinheiro oriundo de propina, pago pelo empresário Willians Paulo Mischur, dono da Conisgnum.

Advogado de Riva, Rodrigo Mudrovistch, negou qualquer negociação no sentido de se realizar uma colaboração premiada.

Ele destacou que a linha de defesa adotada nos últimos meses seguirá, sem que haja qualquer tipo de acordo com o MPE.

“O que tiver de ser assumido, será assumido. O que tiver de ser enfrentado será enfrentado. A informação deste acordo não tem procedência e seguiremos na mesma linha”.

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close