Politica

Fala de Wilson Santos, sobre extinção de PitBulls é repudiada por associação, veja o video

Do Olhar Direto

Foto secom Al

A Comissão de Proteção aos Direitos dos Animais de Barra do Garças publicou um vídeo em sua página do Facebook, repudiando a fala do deputado estadual, Wilson Santos (PSDB). Nas imagens registradas na última terça-feira, 29 de maio,  o parlamentar diz que “um milhão de cachorros pitbulls não vale uma vida. Essa raça continua ceifando vidas no Brasil e no mundo a fora. Que essa raça fosse extinta. Há determinadas raças de animais, que não contribuem em absolutamente nada para a sociedade, pelo contrário ceifam vidas”, disse.  Na ocasião, a deputada estadual Janaina Riva (PMDB), se posicionou contraria e disse que a punição deveria ser dada a quem cria o animal para ser agressivo. “A mesma objetividade se tratando, por exemplo, de seres humanos, que pensam e que mantam entre si milhares e milhões de seres humanos. Então, é uma discussão muito prudente. Agora, nós, por exemplo, se propuséssemos aqui a castração, a pena de morte, isso estou falando em âmbito federal, pois sei que não nos compete, com seres humanos, tenho certeza que proporcionalmente esses matam muito mais que qualquer animal”.

O vídeo completo pode ser conferido AQUI .

Mostrar +

Artigos Relacionados

Um comentário.

  1. Prezado Deputado Wilson Santos, na verdade o que deveria ser eliminado na sociedade são os políticos que não contribuem com a sociedade, um exemplo clássico aqui no MT é o senhor, que com sua incompetência política e administrativa, sem falar nos escândalos envolvendo seu nome, já mataram e aleijaram muito mais seres humanos do que esta pobre raça de cães que já fizeram muito e ainda fazem pela sociedade, protegendo-a da falta de segurança que a sua incompetência e de seus companheiros políticos que governam este estado nos presenteia todos os dias. Antes de vomitar idiotices, vá estudar um pouco sobre a raça Pitbull e com certeza chegará a conclusão que eles são primordiais a sociedade, o contrário de vossa senhoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close