Politica

Ainda sobre os Grampos em MT; Grampos foram concebidos para campanha de 2014, afirma Procurador- Geral de Justiça de MT

O Procurador-geral de Justiça Mauro Curvo afirmou em entrevista institucional que os crimes de grampos ilegais recentemente desvendados em Mato Grosso foram concebidos na época da campanha eleitoral de 2014. No ano citado, o governador Pedro Taques foi eleito com 57% dos votos.

A informação foi divulgada para esclarecer sobre o impedimento do Ministério Público em investigar determinados pontos das interceptações, por prerrogativa de foro de alguns citados.

“Aparentemente existe uma finalidade política, porque foram ouvidas pessoas que são vinculadas a partidos políticos e tudo começou na época da campanha de 2014. Tudo isso, seja em razão da conexão em razão da continência, quem tem que apreciar e fazer o que a gente chama de fatiamento dessa investigação é o Superior Tribunal de Justiça, é a Procuradoria Geral da Republica”, afirmou.

O Ministério Público ofereceu no dia 17 de julho a denúncia criminal contra militares acusados de promoverem interceptações telefônicas ilegais. Foram denunciados três coroneis, um tenente-coronel e um Cabo da PM.

São eles, respectivamente, Zaqueu Barbosa, Evandro Lesco, Ronelson Barros, Januário Batista e Gerson Correa Junior. Os cinco vão responder pelos crimes de Ação Militar Ilícita, Falsificação de Documento, Falsidade Ideológica e Prevaricação, todos previstos na Legislação Militar.

Mauro Curvo destacou que a denúncia refere-se apenas aos delitos previstos na Legislação Militar, pois a representação feita pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, envolvendo Pedro Taques, que foi destaque na imprensa nacional, descreve a suposta participação de autoridade com foro perante o Superior Tribunal de Justiça, motivo pelo qual a investigação no tocante aos delitos não militares está na alçada de atribuição exclusiva do Ministério Público Federal.

 

DO OLHARDIRETO

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close