Politica

” Acho que o que falta um pouco ao Pedro é ser mais simpático” dispara Gilmar Fabris

DOUGLAS TRIELLI
Do Midianews

Aliado do governador Pedro Taques (PSDB) desde o início da gestão, em 2015, o deputado Gilmar Fabris (PSD) afirmou que o tucano deve tirar mais “proveito” das realizações de seu mandato. E orientou o chefe do Executivo a ser mais “simpático”.

 

Em conversa com a imprensa na manhã de quarta-feira (28), o parlamentar analisou que o governador fez muito em seu mandato, mas mesmo assim há “raiva” da sociedade contra ele.

 

“Na medida do possível, ele [Taques] vai igual ao resto do Brasil. Não está sendo fácil. Acho que o que falta um pouco ao Pedro é ser mais simpático. Ele pagou a RGA para todos os funcionários. Vai pagar de novo este ano. Somente dois Estados pagaram”, citou.

 

“Mas ele não tirou proveito disso, não tirou dividendos com isso. E o povo está com raiva dele. O salário dos servidores dobrou do Governo passado para cá e parece que nada disso vale. Precisa ficar mais claro isso”, afirmou.

 

Na medida do possível, ele [Taques] vai igual ao resto do Brasil. Não está sendo fácil. Acho que o que falta um pouco ao Pedro é ser mais simpático

Para Fabris, o governador precisa melhorar de modo imediato a Saúde. Ele acredita que este é um dos setores mais problemáticos no momento.

 

“A primeira coisa que eu acho que ele tem que fazer é colocar em ordem a Saúde. Depois, parte para outras coisas. Esta semana ele deu uma notícia que pagou R$ 100 milhões. Depois vai pagar mais R$ 20 milhões. Está arrecadando legal”, disse.

 

Saída de Blairo

 

Para o deputado, a desistência do ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) de ir à reeleição como senador ajudou Taques.

 

Segundo ele, outras candidaturas que sonhavam com o ministro como cabo eleitoral não o terão mais em seu palanque.

 

Apesar de não ter citado, nos bastidores a especulação era de que o ex-prefeito Mauro Mendes (PSB) poderia concorrer ao Governo com apoio de Blairo, inclusive financeiro. No anúncio, entretanto, Blairo ressaltou que estará totalmente fora do processo e que não irá declarar apoio a ninguém.

 

“No meu entendimento, ajudou e muito o governador. Porque o Pedro tem a reeleição automática. Outros candidatos estavam dependendo do Blairo para alavancar a candidatura. E no meu entender ele foi beneficiado”, afirmou.

 

“Outro que acho que foi beneficiado, também, é o senador Jaime Campos. Porque ele, ao lado do Blairo, era o favorito para ganhar a eleição ao Senado. Com a saída do Blairo, o Jaime fica sozinho. Agora é mais cômodo, sendo uma vaga dele. Óbvio, tem que combinar com o povo. Quem decide é o voto, mas falo baseado em pesquisas eleitorais”, completou.

 

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close