Politica

A VERDADE VAI VENCER A MENTIRA; Em Nota Emanuel desmente denúncia feita por Wilson nesta quinta feira

Em nota encaminhada à imprensa, o candidato a prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), se posicionou a respeito da denúncia feita pelo seu adversário Wilson Santos (PSDB) na manhã desta quinta-feira (27). Nesta manhã, o tucano apresentou notas emitidas pela cunhada de Emanuel pela empresa Caramuru Alimentos, dias após ela ser contemplada com incentivos fiscais na gestão passada.

O peemedebista negou manter qualquer negócio ou relação empresarial  com as empresas de seu irmão, Marco Polo, sua cunhada Barbara e a irmã dela, a advogada Fabíola. Por isso, segundo o candidato, cabe a eles o esclarecimento a respeito dos honorários advocatícios recebidos pelo serviço prestado a empresa Caramuru Alimentos.

Emanuel Pinheiro defendeu que a acusação seja investigada bem como a que envolve a suspeita de crime eleitoral de Elias Santos, flagrado pressionando servidores da METAMAT (Companhia Mato-Grossense de Mineração) a votar em favor de Wilson Santos e comparecer em um ato político a favor do candidato do PSDB.

“Defendo a rigorosa apuração de todos os fatos e se houverem culpados que sejam exemplarmente punidos, pois ninguém está acima da lei. Da mesma forma exijo que o crime cometido por Elias Santos, irmão de Wilson Santos, que agiu, segundo ele próprio declarou, a mando do governador Pedro Taques, seja punido na forma da lei”.

O peemedebista ainda classificou de factoide a denúncia feita por Wilson Santos. “Manifesto total sabedoria na confiança do eleitor cuiabano, que não se deixará enganar por mais um facotide de Wilson Santos às vésperas da eleição. As urnas darão a melhor resposta a essas mentiras”, completa.

Íntegra da nota:

A VERDADE VAI VENCER A MENTIRA

Diante do desespero e das repetidas mentiras divulgadas pela campanha do candidato Wilson Santos, venho a público esclarecer:

1 – Nunca tive qualquer negócio ou relação empresarial com as empresas do meu irmão, Marco Polo, da minha cunhada Bárbara e da irmã dela, a advogada Fabíola, cabendo a eles as explicações sobre os honorários recebidos da empresa Caramuru.

2 – Defendo a rigorosa apuração de todos os fatos e se houverem culpados que sejam exemplarmente punidos, pois ninguém está acima da lei.

3 – Da mesma forma, exijo que o flagrante crime eleitoral cometido por Elias Santos, irmão de Wilson, que agiu, segundo ele próprio declarou, a mando do governador Pedro Taques, seja punido na forma da lei.

Manifesto total confiança na sabedoria do eleitor cuiabano, que não se deixará enganar por mais um factoide de Wilson Santos às vésperas da eleição.

As urnas darão a melhor resposta a essas mentiras.

Emanuel Pinheiro

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close