Policia

Novo laudo diz que carro de médica estava a 95 km/h quando atropelou e matou verdureiro

Do G1 MT

Um laudo divulgado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), na sexta-feira (8), apontou que a velocidade média do carro da médica, Letícia Bortolini, de 37 anos, suspeita de ter atropelar e matar o verdureiro, Francisco Lúcio Maia, de 48 anos, era de 95 km/h no momento do acidente.

O resultado da verificação feita pela Deletran contrapõe o laudo emitido pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), divulgado na terça-feira (5), que diz que o veículo estava a 30 km/h no momento em que atropelou a vítima.

O delegado de trânsito, Christian Cabral, que investiga o caso, afirmou não concordar com o laudo emitido pela Politec.

“Ela [a médica] não estava embriagada. Mas entendemos que a velocidade era muito acima dos 30 a 40 km/h do que está apontado no laudo”, disse ele.

Diante disso, solicitou a um laboratório independente, especializado em perícias e consultoria jurídica, um parecer técnico sobre as circunstâncias do acidente.

“Ocorreu dissipação de energia dois momentos: primeiro no atropelamento do pedestre, segundo no poste, caracterizando que o veículo no choque com esses dois elementos, estava com velocidade acima dos 95 km/h”, diz trecho do novo laudo.

No entanto, segundo ele, a Deletran aguarda a conclusão de outro laudo pericial da Politec que analisa imagens do momento do acidente para precisar a velocidade estimada do veículo, para concluir o inquérito.

Foto reprodução

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close