• 20 de fevereiro de 2020

“Persona não grata” banco patrocinado do operário de VG não quer nome associado ao goleiro Bruno

Membros da cooperativa de Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) se reuniram nesta segunda-feira (20) para discutir a provável contratação do goleiro Bruno pelo Clube Esportivo Operário Varzea-grandense. A empresa é uma das principais patrocinadoras do Campeonato Mato-grossense 2020, ao lado da Lojas Martinello. 

Na última sexta-feira, o goleiro Bruno Fernandes foi autorizado pela justiça de Minas Gerais a cumprir parte da pena no regime semiaberto em Mato Grosso, onde já possui acerto para jogar no Operário. O atleta, que é condenado pela morte da ex-amante e modelo Eliza Samudio, deverá receber cerca de R$ 5 mil no time.

Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Tremor de terra assusta moradores de Barão de Melgaço

Próxima matéria

Semáforos inteligentes ; Depoimento de Ex- Procurador deixa dúvida no ar

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *