• 20 de fevereiro de 2020

Parecer é aprovado por unanimidade e pede cassação do mandato de Abílio

A Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá votou pela cassação do vereador Abílio Brunini (PSC) por quebra de decoro parlamentar. O parlamentar é acusado de invadir o Hospital São Benedito, de proferir acusações infundadas contra outros vereadores e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), falsa acusação de ameaça de morte por 3 vereadores e ofensa ao presidente da Câmara, Misael Galvão (PTB).

Agora, o parecer da Comissão de Ética será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que irá averiguar o rito dos trabalhos da Comissão de Ética. Somente após isso, o relatório será levado para o plenário da Casa de Leis, que decidirá se cassa, ou não, o parlamentar.

Foto assessoria

Rufando Bombo

Matéria anterior

Botelho evita polemizar fala de Jayme contra Carvalho , diz que DEM Terá nome na disputa ao Senado. veja aqui

Próxima matéria

Vereadores de “oposição” criticam parecer favorável à cassação de Abílio, veja o vídeo

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *