Max Russi rabate Botelho ” Não agi em interesse próprio só cumpri o Constituição”

Igor Moreno da redação do RB MT

Após o deputado Eduardo Botelho (DEM), ter criticado a atuação da equipe jurídica da ALMT na polêmica permanência de Max Russi (PSB) na presidência da casa, Russi rebateu as críticas.

O Presidente da ALMT alegou que informar a situação é um dever processual, e que ele estava prezando pela segurança jurídica da casa. E segundo ele, a equipe jurídica da casa, apenas cumpriu seu papel, e não agiu em seu interesse como está sendo acusado.

A Procuradoria da casa de leis alega que a AL já se adaptou à decisão do STF que foi proferida no começo do ano, logo, uma recondução de Botelho à presidência seria inadequada.

Como já comentamos aqui no Rufando o Bombo, parece que a briga pelo controle da assembléia, e de seu farto orçamento, está longe de acabar.

Rufando Bombo

Matéria anterior

Redução na telefonia; Contas de celular e internet vão ter desconto de até 52% no valor do ICMS em 2022

Próxima matéria

Nota Cuiabana sorteia R$ 80 mil em prêmios nesta segunda-feira