• 28 de fevereiro de 2020

Investindo em saneamento; Moradores do Osmar Cabral ganha novas redes de esgoto

DA REDAÇÃO COM ASSESSORIA

Localizado na região sul da capital mato-grossense, o bairro Osmar Cabral, um dos mais populosos da cidade, inicia o ano de 2020 com novas perspectivas de saúde e qualidade de vida. A localidade ganhará, até o final de fevereiro, 7 mil metros (extensão) de redes de esgotamento sanitário. As obras estão em curso e proporcionarão condições da Águas Cuiabá de coletar e tratar, por dia, 375 m³ de esgoto doméstico produzido na região. A medida vai beneficiar mais de 3600 pessoas.

Os trabalhos fazem parte do plano de ampliação da cobertura de esgotamento sanitário do município. “Cuiabá conta, hoje, com 61% de cobertura de esgoto. O ano de 2020 também é dedicado à expansão deste serviço, com obras começando pelo Osmar Cabral e seguindo agenda de instalações de redes, ao longo dos meses, por outros 26 bairros”, observa o diretor executivo, William Figueiredo.

Além de implantar novas redes em pontos até então não contemplados com o serviço de esgotamento sanitário, a Águas Cuiabá realiza, também no Osmar Cabral, substituição de redes já existentes, modernizando as estruturas. O investimento é feito em observância ao contrato firmado com o poder concedente (Prefeitura de Cuiabá) e as obras ocorrem mediante acompanhamento do órgão regulador (Arsec) e do Ministério Público (MPE/MT).

A instalação das redes trará benefícios à saúde e mais qualidade de vida à comunidade. Além disso, a coleta diária dos resíduos oportuniza o desenvolvimento sustentável do município, bem como a preservação do solo, dos córregos e dos rios Coxipó e Cuiabá.

Sistema Tijucal – O bairro Osmar Cabral integra as localidades atendidas pelo Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) Tijucal que recebeu, desde 2017, o investimento de R$ 100 milhões. Os recursos foram utilizados na modernização e ampliação da capacidade de tratamento da ETE Tijucal, na implantação de novas redes coletoras de esgoto doméstico e na construção de 10 novas estações elevatórias (responsáveis por conduzir o esgoto coletado até a estação de tratamento).

Rufando Bombo

Matéria anterior

“Guerra” aos sonegadores: “Eu disse e repito: sonegador não terá vida fácil no nosso Estado. diz Mauro Mendes, veja aqui

Próxima matéria

Marido de Selma solta o verbo e Rufa Agro e Deputado Medeiros

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *