• 22 de janeiro de 2020

Festa na casa do Juca; prefeito classifica servidora como psicopata e deve perder o cargo

CAMILA RIBEIRO/ do midia News

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) classificou como “psicopata” a servidora pública Elizabete Maria de Almeida, que confessou ter participado de uma “armação” contra o emedebista.

Em novembro do ano passado, Elizabeth acusou o prefeito de comprar vereadores para votarem pela cassação do colega Abílio Júnior (PSC), que responde a processo na Comissão de Ética na Câmara.

No entanto, após repercussão do caso ela prestou depoimento à  Delegacia de Combate aos Crimes de Corrupção (Deccor) na última semana e desmentiu as acusações feitas inicialmente. Ainda segundo ela, a armação teria tido a participação do vereador Abílio.

Trata-se de uma farsa criminosa, repugnante. Uma coragem que beira a loucura. É uma psicopata

“Vejo isso [confissão] com muita indignação. Isso me revolta. A que ponto chega a maldade do ser humano, a falta de limites e a vontade de destruir por destruir. A vontade de caluniar, de inventar. Trata-se de uma farsa criminosa, repugnante. Uma coragem que beira a loucura. É uma psicopata”, disparou o prefeito. O “que essa mulher fez – patrocinada não sei por quem e aí as investigações vão desvendar – é um ato criminoso, ato perverso, de maldade pura. Ela sabia que era mentira e mesmo assim o fez. Uma pessoa dessa é normal? É uma farsante criminosa”, emendou Emanuel.

Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Documentário Brasileiro vai concorrer ao Oscar 2020

Próxima matéria

Justiça determina que CPI do paletó continue na Câmara

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *