• 14 de outubro de 2019

Em delação Riva revela que Contrato de R$ 100mi fez empreiteira desistir de obra da Arena pantanal

Em sua proposta de delação encaminhada ao Ministério Público de Mato Grosso, o ex-deputado José Geraldo Riva dá detalhes de como ocorreram os pagamentos de propina para as obras da Copa do Mundo de 2014. No documento, ao qual A Gazeta teve acesso, Riva cita que uma empresa deixou de disputar a licitação da Arena Pantanal e, em troca, recebeu um contrato de R$ 100 milhões.

Apesar de ter detalhado as informações, o documento obtido pela reportagem tem, no lugar de nome daqueles que virtualmente serão investigados, os caracteres X, para impedir a identificação. No caso da empresa, o ex-deputado conta que foi procurado por outro parlamentar estadual, que disse ter o compromisso com uma construtora, e que precisaria que ela vencesse a licitação na Arena Pantanal.

Para que o parlamentar fosse atendido, Riva chamou um concorrente da construtora, que também participaria da licitação, e o colocou para conversar com o deputado. Na ocasião, o empresário aceitou que, com a desistência da participação no certame, ele ganhasse uma obra valiosa na Assembleia Legislativa de Mato Grosso ou no Estado.

“Em que pese o Colaborador desconhecer o acerto realizado entre as partes, teve conhecimento que a empresa recebeu mais de R$100 milhões do governo do Estado”, afirmou o ex-deputado na sua proposta de delação premiada.

Fonte A Gazeta

Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Misael Galvão recebe autorização do TRE para mudar de legenda

Próxima matéria

Para Botelho delação é fake

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *