• 19 de janeiro de 2020

Deu na Folha de SP , PSD Nacional vai recorrer para que Fávaro assuma vaga deixada por Selma Arruda

A informação foi publicada na coluna Painel do jornal Folha de São Paulo nesta quinta-feira (12). De acordo com a colunista Mariana Carneiro, o recurso terá como base a desvantagem numérica de Mato Grosso em relação aos outros Estados.

Atualmente o PSD conta com nove representantes no Senado e irá lutar para que Favaro fique com a vaga sem a necessidade de outra eleição.

O Pleno do TSE determinou com a cassação de Selma, a realização de uma nova eleição, impedindo a diplomação do terceiro colocado no pleito de 2018, o ex-vice-governador Carlos Fávaro.

O colegiado decidiu, nos termos do voto do relator, Og Fernandes, que a Constituição Federal determina uma nova eleição para senador, caso o cargo fique vago, sem suplente para substituir o titular, e faltem mais de 15 meses para o término do mandato.

Na eleição de 2018 dois senadores foram eleitos. Selma, com 678,5 mil votos,  foi a mais votada. Em segundo lugar, ficou Jaime Campos (DEM), com 490,6 mil votos.  Já Carlos Fávaro, com 434,9 mil votos ficou em terceiro e logo provocou o processo que resultou na cassação de Selma.

A decisão do TSE afirma que Selma Arruda e seus suplentes Gilberto Eglair Possamal e Clérie Fabiana Mendes cometeram abuso de poder econômico e o chamado caixa 2 ao realizarem despesas de natureza tipicamente eleitoral no valor de R$ 1,5 milhão, não contabilizadas oficialmente na prestação de contas, inclusive, em período vedado (na fase de pré-campanha)

FOTO REPRODUÇÃO VIA WEB

Rufando Bombo

Matéria anterior

Nossa Homenagem ao grande Professor Pedro Dorileo

Próxima matéria

Arena Encantada ficará fechada 3 dias neste mês, saiba porque

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *