Deu Bode ; Confraria Bode do Karuá encerra as atividades

313 Vizualizações Faça um comentário
42914748

O mais tradicional bloco de carnaval de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de de Cuiabá) anunciou o encerramento de suas atividades. A Confraria Bode do Karuá, que já tinha 19 anos de história, não voltará às ruas de Chapada em 2018.

 

Assinada pelos criadores e organizadores do bloco, Genivalter da Silva Gomes e Renato Migueis Olivaria Filho, a nota que anuncia o fim do bloco foi divulgada na terça-feira (11).

 

“Chega a hora de pararmos com a nossa Confraria Bode do Karuá, com tristeza e já com muita saudades de tudo aquilo que fizemos nos carnavais de Chapada dos Guimarães”, escreveram.

 

Ao MidiaNews, Genivalter Gomes – que, além de organizador e criador, é o dono do apelido “Karuá”, que dá nome ao bloco – disse que ele e os organizadores já vinham pensando, há três anos, em parar as atividades. E, por isso, resolveram “dar um tempo”, mas não sabe se um dia o Bode poderá voltar.

 

“A princípio, é fim. Nós não vamos mais atuar, agora é pensar pra frente. Por isso, a gente encerra a nota dizendo ‘o futuro a Deus pertence’”, disse.

 

O motivo, segundo Genivalter, é que continuar com os desfiles tem sido desgastante, considerando que ele já está com 62 anos.

 

“A cada ano que passava, estava se tornando mais difícil. Muita gente não estava mais entendendo o objetivo. A gente sobrevivia da venda de abadá e chegou a um ponto em que as pessoas não estavam mais comprando. Essas coisas terminam comprometendo, a gente se complica… É cansaço mesmo”, explicou.

 

Genivalter contou que os amantes do Bode ficaram muito sentidos com o fim do bloco. “Mas, é aquela história: a gente tem que parar na hora em acha que deve”, disse.

 

Ele descartou a possibilidade de outras pessoas assumirem o comando do bloco, que já chegou a desfilar até com 1500 componentes no Carnaval.

 

“Não pensamos nisso porque o Bode tem toda uma história. Ele começou de um jeito, tem um sentimento familiar”, completou.

 

A história

 

A Confraria Bode do Karuá surgiu com o objetivo de comemorar o Carnaval na cidade de Chapada dos Guimarães, em família.
Em 1999, durante uma reunião de um grupo de amigos, na residência de Renato Olavarria, em Chapada dos Guimarães, teve início o processo da criação da confraria.

 

O grupo buscava uma maneira de comemorar o Carnaval e, para isso, decidiu que o Karuá – apelido de Genivalter da Silva Gomes, “um paraibano residente em Cuiabá e amante de Chapada dos Guimarães” – deveria preparar uma buchada de bode (prato típico nordestino) para que o grupo degustasse como aperitivo no domingo de Carnaval.
Cumprindo o prometido, Genivalter preparou uma cabritada e a famosa buchada de bode, que foi servida acompanhada de uma boa cachaça, cerveja bem gelada e com animação por conta do som do violão do compositor cuiabano Gentil Bussiki.

 

No momento de servir a buchada, Gentil cantou a música “Morte da Cabrita”, fato que contagiou a todos os presentes, que assumiram o compromisso de participarem de um desfile na avenida, no ano seguinte.
Em junho de 1999, no aniversário de Genivalter, comemorado com os amigos e tendo como aperitivo a famosa buchada de bode, Gentil presenteou o aniversariante com a música “Bode do Karuá” e, neste momento, foi decretada a criação da Confraria Bode do Karuá.

 

Todos os presentes beijaram uma cabeça de bode que estava no cardápio.

 

Com a criação da confraria, Elizabeth Maria Araújo Gomes, esposa de Karuá, ficou muito animada e, em encontro com o Neurozito, compositor e professor da UFMT, falou sobre a intenção de colocar o bloco na rua, e o músico prontamente se comprometeu a criar um samba de enredo para a animação do bloco.
No carnaval de 2000, a Confraria concentrou-se na residência de Renato, num domingo, e com aproximadamente 100 participantes.

 

A partir daí, todos os anos, o Bode teve aumento no número de participantes, chegando a desfilar com até 1500 pessoas.

 

Confira a íntegra da nota do Bode do Karuá:

 

Reprodução

Nota Bode do Kaurá

Sobre o Autor

rufandobombo

No Description or Default Description Here