• 14 de dezembro de 2019

Daí D da vacinação contra o sarampo em jovens entre 20 a 29 anos acontece neste sábado

O Dia D da vacinação contra o sarampo ocorrerá neste sábado (30) e imunizará jovens de 20 a 29 anos que não estiverem com o cartão vacinal em dia. Todos os postos de saúde estarão abertos das 8h às 17h, totalizando mais de 700 salas de vacinação disponíveis.

Conforme dados do Ministério da Saúde, um total de 68.814 mil mato-grossenses, entre 20 e 29 anos, não estão imunizados contra a doença. A proposta da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação, iniciada no dia 18 de novembro, é diminuir esse número.

Segundo a Secretaria de Saúde, há 19 anos Mato Grosso não tem casos confirmados de sarampo.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Alessandra Moraes, explica que, diferente dos anos anteriores, essa faixa etária foi selecionada porque apresentou em outros estados, em casos confirmados de sarampo, uma gravidade no acometimento da doença – evoluindo, muita vezes, para internações.

Campanha Nacional

A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação, realizada entre os dias 7 e 25 de outubro, foi voltada para a imunização de crianças de 6 meses a menores de 5 anos; Mato Grosso está na lista dos 10 Estados que atingiram a meta de vacinação.

Apesar da segunda etapa da campanha ser voltada para outro público, a coordenadora reforça que as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, que não possuem as duas doses da vacina completa, podem ser levadas até um posto de saúde para a vacinação.

Dados da Vigilância Epidemiológica mostram que mais de 100 municípios já atingiram a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Porém, outras 38 cidades ainda estão distantes do quantitativo ideal de pessoas imunizadas e a cobertura é considerada baixa.

Sobre o sarampo

O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa, que pode evoluir para complicações graves e óbitos. A doença é transmitida por meio das secreções expelidas pelo doente ao falar, tossir e espirrar. O comportamento endêmico/epidêmico do sarampo varia de um local para outro e depende basicamente da relação entre o grau de imunidade e a suscetibilidade da população, bem como da circulação do vírus na área.

Do G1 MT

Rufando Bombo

Matéria anterior

Júlio Campos de vice; “da minha parte está tudo bem ” diz Emanuel Pinheiro

Próxima matéria

Black Friday ;Consumidores trocam socos em Lojas Americanas , veja o vídeo

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *