• 2 de abril de 2020

Crime brutal; por não aceitar fim de relação homem mata ex com 18 facadas

Por não aceitar o fim do relacionamento, um jovem de 23 anos esfaqueou a namorada de 18 até a morte, na cidade de Peixoto de Azevedo (distante 700km de Cuiabá), na noite de quinta-feira (27). Armado com uma faca, o rapaz foi até a casa da vítima, com quem ele tem dois filhos, e desferiu 18 golpes, que atingiram cabeça, braço, tórax e barriga de Laiany Lemes de Almeida.

Segundo informações da irmã da vítima, o autor do crime, identificado como Odair Santos, avisou a família da jovem e em seguida fugiu. Ele estaria com sangue nas mãos quando falou do ocorrido.

Segundo informações da Polícia Militar de Peixoto, Odair teria agido sozinho. Ele chegou a discutir com a vítima antes de esfaqueá-la.  Vizinhos relataram que ouviram gritos e até tiros, mas nenhuma perfuração proveniente de arma de fogo foi encontrado no corpo de Laiany.

Familiares da jovem, consternados com a situação, saíram atrás de Odair, mas ninguém sabe de seu paradeiro. “Ele fugiu de moto. Estava sozinho”, disse uma testemunha. Os relatos ainda citam que o casal estava separado há alguns dias.

Odair teria tentado reatar o namoro por várias vezes, mas Laiany não aceitava devido o rapaz ser muito ciumento. Na noite do crime, ele teria ligado antes para a vítima, que não atendeu. Descontente por ser ignorado, foi até a residência e cometeu o crime.

O cômodo da casa onde aconteceu o feminicídio estava todo revirado e tomado por sangue. A arma do crime estava jogada ao lado do corpo. Exames de necropsia foram feitos e foi confirmado pelo menos 18 golpes de faca.

O caso será investigado pela Polícia Civil de Piexoto, que desconfia que o autor do crime esteja fora da cidade.

Fonte olhar direto / Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Silval Barbosa vai a Justiça para não ir depor na CPI do paletó

Próxima matéria

“Não vou renunciar ao meu mandato, não vou dar dinheiro para imprensa”, diz Bolsonaro

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *