Cotidiano

Unidade para tratamento de dependentes químicos em Cuiabá pede ajuda para finalizar obras

Saiba como ajudar

Da redação com assessoria

Da assessoria

Com o olhar humano voltado ao resgate de vidas que são perdidas diariamente em Cuiabá pelo vício do álcool e das drogas, que as Obras Sociais Wantuil de Freitas deu início à construção da Unidade de Acolhimento Lar Esperança totalmente gratuita.  Serão disponibilizadas 96 vagas femininas e masculinas com o objetivo de reeintegrar à sociedade o usuário que se encontra em situação de vulnerabilidade social e que demande acompanhamento terapêutico e protetivo.

O critério para internação é quem já passou por tratamento pelo Centro de Apoio Psico Social (CAPS) e foi desintoxicado, e quem queira, por livre e espontânea vontade deixar o vício. Serão aceitos na Unidade de acolhimento maiores de 18 anos, em regime residencial, e o período de internação será de seis meses a um ano.

Um sonho a ser concretizado

A ideia da implantação da Unidade de Acolhimento Lar Esperança, surgiu há mais de 20 anos quando uma equipe da Associação Wantuil de Freitas que vem desenvolvendo na capital um trabalho social com os moradores de rua na época do natal.  Os transeuntes são recolhidos, contemplados com banho, recebem kit de higiene pessoal, são levados para a instituição e recebem refeições gratuitamente no período natalino. Nesse sentido, a ideia da implantação da Unidade Esperança foi por meio de pedido dos moradores que sonham um dia ter sua dignidade reestabelecida e querem sair do vício das drogas e álcool.

“Há mais de 20 anos, sonhamos com uma casa de resgate de vidas que diariamente são perdidas no mundo do vício. Recebemos muitos pedidos de socorro dos usuários de drogas e do álcool e nesse sentido, implantamos o projeto”,  informou Márcio Monteiro, idealizador do Lar Esperança.

Paralelo ao trabalho da unidade de acolhimento, a AEWF  também interna pessoas no Lar de Amparo Espiritual Eurípedes Barsanulfo com depressão, tentativas de suicídio, crises emocionais, as doenças da alma e que também, os dependentes tentam suicídio e ficam depressivos. “Atualmente não temos estrutura para abrigar esse tipo de paciente, por isso, estamos firmes e confiantes no término da unidade de acolhimento.

Estrutura

Ao todo serão disponibilizados 150 funcionários voluntários, formados por uma equipe multidisciplinar entre fisioterapeuta, nutricionista, psiquiatra, psicóloga, acupuntura, enfermeiros, técnicos de enfermagem, equipe de espiritualidade e terapeutas. Já os monitores (cuidadores) serão contratados via CLT e será disponibilizado um monitor para cada 12 dependentes.

Cada quarto conta com uma suíte e disponibiliza três vagas, além da cozinha, ambulatório, sala de fisioterapia, sala de triagem e quatro banheiros para Portadores de Necessidades especiais (PNE).

Serão oferecidas atividades esportivas, de lazer, terapias individuais, laborterapia, o qual o interno assinará um termo concordando com as Normas, bem como será evidenciado que o mesmo será trabalhador voluntário das Obras Sociais Wantuil de Freitas. Dependendo da profissão que exercia antes de entrar no mundo do vício, só ficará internado se ajudar as Obras Sociais Wantuil de Freitas com seu trabalho. “Serão abrigados dependentes indiferente de classe social e ele vai pagar sua hospedagem com o suor dele,  o qual irá desenvolver trabalhos sociais”, observou Márcio Monteiro.

Conscientização

Como parte do tratamento, serão realizadas campanhas de prevenção contra as drogas nas instituições de ensino em Cuiabá, desenvolvidas pelo interno. A partir do momento que entra na unidade, a família do dependente terá que fazer um curso sobre a prevenção de drogas por 1 ano. Após o período de 90 dias, se o interno tiver tido um comportamento exemplar, será contemplado a passar um fim de semana com a família.  

Recursos

A obra foi iniciada em 2013 e está paralisada por falta de recursos.  Foi orçada em R$ 800 mil e para a conclusão da 1ª fase que é o bloco masculino com 48 vagas, necessitando de outros R$ 300 para que a parte de acabamento seja concluída. A previsão de inauguração é janeiro de 2019 e a obra está paralisada por falta de recursos.

Para o término faltam os gessos nos forros, pisos, a parte de pintura, instalação dos banheiros e mão de obra.  Os recursos adquiridos para a construção do Lar Esperança foi adquirido por meio da venda de rifas e pizzas, peixadas, doações da sociedade em geral e dos associados do Wantuil de Freitas.  

“Para finalizar a obra, faltam recursos para o término de 48 leitos que se encontram em fase de acabamento da ala masculina”, observou Márcio, indicando para depósito no Banco do Brasil a Conta Corrente 31258-4, Ag 3499-1, cnpj 00997829/0001-00 ou ligar para doações de materiais de construção para 65 999831028 ou 65 36495851 e podendo também nos ajudar orando por nós.

A Associação Espírita Wantuil de Freitas está localizada na Av. Auta de Souza nº 53, Bairro 1º de março. Visite nossa página f: Associação Espírita Wantuil  de Freitas ou f: Lar de Amparo Espiritual Eurípedes Barsanulfo

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close