Cotidiano

Novela do PS; Entrega do pronto-socorro fica para dezembro

Adiada mais uma vez a entrega do novo pronto-socorro, no Bairro Ribeirão do Lipa, próximo ao Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. Agora, de acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde (Ses/MT), a previsão é de que a obra seja disponibilizada à população em dezembro deste ano.

Enquanto isso, aguarda-se também o repasse dos R$ 82 milhões por parte do governo do Estado ao município destinados à aquisição dos equipamentos. Mas, a transferência voluntária de recursos no período de 7 de julho até a realização das eleições em outubro próximo só pode ocorrer caso os convênios já estejam em andamento.

O novo pronto-socorro começou a ser erguido em 2015, com a expectativa inicial de ser entregue em 2017. Após, o prazo foi adiado para abril deste ano durante as comemorações do aniversário da capital. Porém, em janeiro passado, durante uma visita ao canteiro de obras feita pelo prefeito Emanuel Pinheiro e pelo governador do Estado, Pedro Taques, o prazo foi estendido para este mês de junho.

Contudo, anteontem, a Ses/MT anunciou que a nova estrutura está com 70,49% das obras concluídas e que está em fase de acabamento para entrega aos mato-grossenses. “A parte estrutural da obra está pronta e o acabamento segue avançando até a entrega final, prevista para dezembro de 2018”, informou.

No momento, 254 funcionários em turnos normais trabalham para a conclusão total dos serviços. Conforme o engenheiro civil da prefeitura, Orozimbo Guerra, a atual fase da obra consiste na instalação do piso, pastilhas, luminárias, forro, portas, quadro elétrico, e a da climatização.

O engenheiro informou que o acabamento da parte ambulatorial está sendo executado dentro das especificações técnicas de qualidade. “O piso será do tipo epóxi, com excelente durabilidade e componentes bactericidas. Serão seis Centros Cirúrgicos com piso com acabamento especial, que não conduz eletricidade”.

Apesar do atraso, o assessor especial da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Wagner Simplício, reconhece que esta unidade é a obra de saúde pública mais importante edificada nos últimos 20 anos e que irá suprir a grande demanda de atendimento existente na capital.

“Não só estamos entregando uma obra de grande porte, como um prédio moderno, feito dentro dos parâmetros de qualidade e normas sanitárias atuais, que vai colocar a nossa capital como referência em qualidade hospitalar nas capitais mais modernas do país”, frisou por meio da assessoria de imprensa.

Ao todo, o novo Hospital terá 315 leitos, sendo 40 para unidades de terapia intensiva (UTI), e 64 para ala pediátrica. Ele ressalta ainda que a valorização da saúde pública tem sido uma prioridade. Só entre 2015 e 2017, o número de leitos de UTI ofertados aumentou 73%, saltando de 329 para 529 entre adultos, pediátricos e neonatais.

A obra está orçada em R$ 80 milhões, sendo o montante de R$ 50 milhões custeados pelo Estado e o restante pelo município. Segundo Simplício, a Ses/MT já repassou mais de R$ 32 milhões para a construção da unidade e, até o final do mês, está previsto novo repasse.

O novo Pronto Socorro terá 21 mil metros quadrados de área construída em um terreno com 7,5 hectares. A área destinada para construção do prédio é ampla, permite uma futura ampliação do prédio, e ainda comporta a operação futura de um heliporto. Por meio do heliporto será possível receber pacientes de urgência transferidos por helicóptero, um modo de transporte rápido que já se tornou realidade em Mato Grosso.

Fonte: diário de Cuiabá

Foto reprodução

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close