Cotidiano

Absurdo : Dez meses se passaram e prédios do Centro Político , continuam jogando esgoto no Parque das Águas

Cerca de 10 meses após a Prefeitura de Cuiabá ter notificado oito órgãos públicos responsáveis pelo lançamento do esgoto sem tratamento na Lagoa Paiaguás, onde fica o Parque das Águas, o problema continua. O dejeto lançado diariamente no lago vai parar no Córrego Quarta-feira, consequentemente, no Rio Cuiabá. Na área, há até uma placa que indica que a água é imprópria para o consumo.

Para tentar resolver o problema, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos acionou o Ministério Público do Estado (MPE). Ainda ontem, o promotor da 17ª Promotoria de Justiça do Meio Ambiente Urbanístico, Gerson Barbosa, esperava receber o relatório feito por equipe técnica sobre a situação. A intenção é firmar um termo de ajustamento de conduta (TAC).

“Por intermédio desse relatório saberei a extensão do problema e quais as medidas que deverão ser adotadas. Por exemplo, o lançamento dos efluentes de esgoto configura poluição e tem que ser adotadas as providências cabíveis, talvez, mediante ação civil pública”, disse. “Se foi feita a retirada de vegetação poderá ser exigido do Governo do Estado um projeto de recuperação de área degradada (Prad)”, acrescentou.

Atualmente, o Parque das Águas é um dos principais pontos de visitação capital e o mau cheiro incomoda os visitantes. A área de lazer foi inaugurada em dezembro de 2016, pelo ex-prefeito Mauro Mendes. Até a construção do espaço público, quatro canais levavam o esgoto diretamente para o lago. Com a obra, restou ainda uma rede, sendo que os outros três já foram resolvidos.

Em fevereiro do ano passado, a Prefeitura Municipal realizou testes práticos no sistema hidráulico de alguns órgãos públicos localizados no entorno da área para detectar a origem dos dejetos. Com isso, oito órgãos, sendo dois federais e seis estaduais, foram notificados pelo município para apresentar um projeto prevendo a regularização. Mas, a administração municipal não obteve nenhuma posição e, já no mês de maio também de 2017, o secretário municipal de Serviços Urbano, José Roberto Stopa, protocolou ofício no MPE relatando o problema.

O projeto de regularização da rede de esgoto está sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Cidades (Secid), que informou que, junto com Secretaria de Gestão (Seges), trabalha para regularizar a situação. “Durante todo o processo, o Estado tem mantido tratativas com a Companhia de Abastecimento de Água e Esgoto (Aguas Cuiabá – antiga CAB) para que, no menor espaço de tempo possível, tudo esteja adequado dentro das conformidades exigidas”, informou a Secid por meio de nota.

Segundo a Secid, a ação será feita para que todos os edifícios do governo do Estado passem a lançar seus dejetos na rede coletora existente no Centro Político, que deságua na estação elevatória de esgoto, que fica próxima ao Parque das Águas.

Do  diário de Cuiabá

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close