• 14 de dezembro de 2019

Cota Zero só será colocado para ser votado depois de estudo de viabilidade, diz Botelho

Da redação

O projeto da “Cota Zero”, só deve entrar na pauta de votação da Assembleia em 2020. Após reunião realizada na noite desta quarta (27), com deputados e representantes do setor de pesca esportiva, o presidente da Mesa Diretora, Eduardo Botelho (DEM) reafirmou a necessidade de estudos técnicos para subsidiar a apreciação do tema.

Os parlamentares justificam que precisam de mais informações para decidir se o transporte de peixes nativos nos rios mato-grossenses deve, de fato, ser proibido, como apresentado pela proposta do governo. O projeto prevê a proibição do abate e transporte de peixe nos rios de Mato Grosso pelo período de cinco anos. Será proibido transportar, armazenar ou comercializar qualquer peixe pescado nos rios de Mato Grosso, independente da medida, espécie ou época do ano.

Foto reprodução via web

Rufando Bombo

Matéria anterior

Gari sofre fratura na perna ao ser atropelado por jovem sem habilitação em Cuiabá

Próxima matéria

Contribuinte tem até amanhã para negociar suas dívidas no mutirão fiscal do Estado

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *