Brasil

“Não é possível fiscalizar a ratoeira, sem limpar a rataiada”, diz candidata a Senadora

A pré-candidata ao Senado pelo PSL de Mato Grosso, juíza aposentada Selma Arruda, acredita que a primeira ação que deve ser realizada no Estado, a partir de 2019, é a limpeza da máquina pública. “É preciso solidificar um pacto para que as pessoas que receberam apoios políticos não retribuam com cargos, não infestem a política logo que assumam o mandato. Esse é o primeiro passo. Não é possível fiscalizar a ratoeira, sem limpar a rataiada”.

Do  livre / Gabriela  Galvão

Foto  Ednilson Aguiar

Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close