Brasil

De Jatinho, Lula chega a Curitiba para prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro

DO G1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deve prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro na tarde desta quarta-feira (10), chegou ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, às 10h18.

Ele chegou em um avião particular que partiu de São Paulo às 9h30 com cerca de sete pessoas. Após o pouso, a aeronave seguiu para o hangar da JMalucelli no aeroporto, onde havia um esquema de segurança.

A audiência está marcada para as 14h na sede da Justiça Federal, que fica no bairro Ahú. É o primeiro depoimento de Lula na presença de Moro e na condição de réu da Lava Jato.

Ex-presidente Lula desembarca em Curitiba, onde vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro em ação da Lava Jato (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

O ex-presidente será interrogado na ação que trata de um triplex em Guarujá (SP). Lula é réu acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Para o depoimento, foi montado um forte esquema policial com bloqueios no trânsito e dezenas de agentes no entorno da Justiça Federal.

Dezenas de policiais fazem segurança no entorno da sede da Justiça Federal de Curitiba (Foto: Reprodução)Dezenas de policiais fazem segurança no entorno da sede da Justiça Federal de Curitiba (Foto: Reprodução)

Dezenas de policiais fazem segurança no entorno da sede da Justiça Federal de Curitiba (Foto: Reprodução)

Também nesta manhã, a ex-presidente Dilma Rousseff embarcou em um voo comercial da Azul de Porto Alegre com destino a Curitiba, que pousou no aeroporto Afonso Pena um pouco depois do avião com Lula, em torno de 10h20.

Em uma caminhonete, ela foi levada ao hangar onde estava a aeronave de Lula. Às 10h51, saíram do aeroporto dois carros pretos. Em um deles estaria Lula.

 Ex-presidente Dilma chega ao Aeroporto Afonso Pena

No final da tarde de terça (9), os advogados de Lula entraram com três recursos no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra decisões do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) que havia negado pedidos da defesa para adiar o depoimento.

No fim desta manhã, o STJ negou dois dos três recursos apresentados pela defesa de Lula: um para fazer uma gravação independente do depoimento de Lula nesta quarta e outro que pedia a suspensão do processo para que os advogados tivessem tempo para analisar documentos entregues pela Petrobras no processo.

Tags
Mostrar +

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close