• 23 de outubro de 2019

Agilidade no atendimento a vidas: Estado pode implantar “Samu Aéreo”

Para conhecer a metodologia de trabalho aplicada, estruturas física e operacional e os projetos de implantação do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) esteve numa visita ao centro de operação de atividades policiais, na manhã de quarta-feira (22), em Várzea Grande (MT). A visita do deputado foi acompanhada pelo tenente-coronel PM Juliano Chirolli, coronel PM Henrique Santos, pelo o delegado da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC – MT), Valter Furtado, e demais pilotos comandantes.

A visita ocorreu depois de um encaminhamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (SESP-MT), que permitiu ao parlamentar um entendimento sobre a realidade do centro, como também, buscar possíveis parcerias para fortalecer a segurança pública do Estado. “Avalio este encontro de suma importância. Não há nada melhor do que um deputado da área vir conhecer um pouco mais sobre a nossa realidade, nosso trabalho e nossos projetos. Efetivamente, ficamos muito agradecidos com a visita. Ele pode compreender bem a nossa atividade e os nossos projetos”, disse o tenente-coronel Juliano Chirolli.

O Ciopaer conta com hangares nos municípios de Cuiabá e Sorriso, sendo o único órgão de Mato Grosso que empenha atividade policial aérea que controla, opera e realiza manutenção de três aeronaves de asas fixas e seis rotativas. Em 2006, o governo do Estado regulamentou as atividades da entidade através do decreto de número 8.304, de 17 de novembro. As atividades executadas contam com a integração de 65 policiais militares, 14 bombeiros, 14 policiais civis e um integrante da SESP-MT. Na área operacional estão envolvidos 94 colaboradores.

Chirolli explica que os policiais atuantes se dividem nas funções de pilotos, tripulantes, mecânicos e serviço administrativo e garante o bom desempenho com este dinamismo e integração entre a equipe. “A entidade oferece capacitação continuada para os pilotos comandantes, cursos de instrução interna e externa de forma diária e treinamentos periódicos por meio de contratação de empresa terceirizada para a devida qualificação”, explica o tenente-coronel.

Claudinei avaliou a importância do papel desta instituição para o território matogrossense que executa um policiamento por meio do aerotransportado que facilita o êxito no atendimento de ocorrências, principalmente relacionados ao tráfico de drogas na fronteira, e na recuperação de veículos furtados ou roubados.

“Me mostraram os resultados obtidos com as operações realizadas pela unidade. Avalio que o trabalho desenvolvido dos policiais aéreos só tende a fortalecer o combate ao crime”, destacou o deputado.

Aeromédico – Um dos interesses do deputado Delegado Claudinei é a consolidação de um convênio ou termo de cooperação técnica com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que venha disponibilizar o pronto atendimento na área da saúde para as regiões sul e sudeste do Estado, com a implantação do “Aeromédico do Samu” em Rondonópolis . “Chirolli disse que é possível uma parceria e já se colocou a disposição para colaborar com o projeto. Uma base do Ciopaer em Rondonópolis. “Quem sabe a gente consegue juntar a segurança pública e saúde pública, com o atendimento do Samu também nas operações policiais”, explica Claudinei.

Projetos futuros – Na oportunidade, a equipe da Ciopaer apresentou alguns projetos a serem aplicados na Unidade. Um deles foi sobre o projeto de Implantação de Serviço Aeropolicial Integrado na região de Fronteira que de acordo com o Chirolli o documento e o desenho técnico já está pronto. “É de extrema importância, nós temos o projeto pronto e o aval político, trabalho de convencimento das autoridades é fundamental para que o projeto saia do papel e se torne uma realidade. E o deputado Claudinei, entendendo como viável, como já se mostrou e abraçando essa ideia, nós ficamos muito satisfeitos e felizes na expectativa que estes frutos deêm resultados”, esclarece o tenente-coronel.

Outros projetos apresentados foram sobre a criação do Fundo de Aviação de Segurança Pública em Mato Grosso, que está em fase de elaboração no Executivo para seguir para a Procuradoria Geral do Estado (PGE-MT) e Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O deputado Delegado Claudinei se comprometeu a levar estes projetos para a esfera federal, possivelmente no mês de junho, para que sejam concretizadas as propostas que são de suma importância para a segurança pública.

FOTO GCOM MT

Rufando Bombo

Matéria anterior

Após cancelar contrato de radares fixos em rodovias, Bolsonaro quer acabar com radares móveis

Próxima matéria

TCE suspeita de superfaturamento e suspende pregão na Câmara de Cuiabá

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *