• 20 de fevereiro de 2020

Abílio parte pro ataque e acusa vereadores de “negociata” por cassação

O vereador Abilio Junior (PSC) usou a tribuna, nesta quinta-feira (13-02), para repercutir sobre o trabalho de combate à corrupção dentro da Câmara de Vereadores de Cuiabá. 

“Quem disse que seria fácil? Não se combate a corrupção com tapinhas nas costas e conversas de bastidores”, frisou Abilio, ao abordar sobre a dificuldade que é enfrentar o grupo político chamado de “rolo compressor”, composto pelos vereadores que apoiam o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), no Legislativo Cuiabano. 

Na oportunidade, Abilio ainda enfatizou sobre a importância de dar prosseguimento à Comissão Parlamentar de Inquérito – “CPI do Paletó”- que investiga a conduta do prefeito, ao ser flagrado embolsando dinheiro no paletó. 

“Bussiki, não arrede o pé. Não segure um minuto. Vai pra (sic) cima desses corruptos. Caçe o Abilio, mas faça o seu trabalho Bussiki. Estamos juntos nessa”, disse Abilio, em virtude de o vereador Ricardo Saad (PSDB) ter procurado o vereador Marcelo Bussiki (PSB) para adiar os trabalhos da “CPI do Paletó” para após o Carnaval.

Rufando Bombo

Matéria anterior

Emanuel Pinheiro só vai definir se disputa um segundo mandato em junho

Próxima matéria

Por meio de nota Governo nega crise entre Mauro Carvalho e Gallo

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *